Gabrielli vai à Justiça contra decisão da CGU que suspendeu sua aposentadoria

Bahia

O ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli afirmou nesta quarta-feira (25) que vai recorrer à Justiça para tentar reverter a decisão da Controladoria-Geral da União (CGU) que cassou sua aposentadoria. A informação foi revelada pela coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Conforme parecer do órgão, o ex-dirigente da petrolífera cometeu infrações disciplinares à frente do cargo, que ocupou entre 2005 e 2012, nos governos Lula e Dilma.

Ele também é investigado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em processo que apura superfaturamento de obras da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.

“Vou recorrer à Justiça contra esta absurda decisão de perseguição política. Minha aposentadoria é resultado de 36 anos e dois meses de vínculo com a UFBa [sic] e portanto não tem nada a ver com a Petrobras”, escreveu Gabrielli em seu Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *