Liberação do cultivo da maconha pode colocar Brasil como grande exportador

Brasil

De acordo com o estudo realizado em parceria com a UFV (Universidade Federal de Viçosa), o Brasil tem aproximadamente 7,5 milhões de quilômetros quadrados de áreas disponíveis para o cultivo da planta.

A pesquisa quantificou as áreas com maior aptidão para o cultivo da erva, dividido entre produção de fibras, flores e sementes.

O relatório ainda inclui espécies com alto teor de THC, a substância psicoativa da planta, e também baixo, o cânhamo.

O mercado da maconha para fins terapêuticos vem atraindo investidores em diversos países, como Colômbia, Canadá e Uruguai.

No início de dezembro, a Anvisa aprovou novas regras para registro de produtos à base de Cannabis para fins medicinais, permitindo que empresas obtenham aval para a venda desses produtos em farmácias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *