Brasil

Senado aprova projeto que cria subsídio para a compra de gás de cozinha

O Senado aprovou, nesta terça-feira (19), o substitutivo ao projeto de lei que cria subsídio destinado a famílias de baixa renda para a compra de botijões de gás de cozinha. O texto foi aprovado por 76 votos favoráveis e um contra e retornará à Câmara dos Deputados.

Com prazo de vigência de cinco anos, o auxílio Gás para os Brasileiros será destinado às famílias inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional, ou que tenham entre seus membros, residentes no mesmo domicílio, quem receba o benefício de prestação continuada (BPC), sendo dada preferência às mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência.

“Cada família que está no CadÚnico do Bolsa Família vai receber um subsídio que o governo federal vai definir entre 40 e 50 por cento, de acordo com o estado do Brasil em que a população esteja em maior ou menor dificuldade. E isso é muito importante, porque a média dos recursos que são pagos a famílias brasileiras no Bolsa Família é em torno de 200 reais por mês”, explicou o relator do projeto, senador Marcelo Castro (MDB-PI), em entrevista à TV Senado.

O subsídio terá como fontes de custeio os royalties devidos à União em função da produção de petróleo, de gás natural e de outros hidrocarbonetos fluidos sob o regime de partilha de produção; parcela da receita de comercialização do excedente em óleo da União; bônus de assinatura nas licitações de áreas para a exploração de petróleo e de gás natural; os dividendos da Petrobras recebidos pela União e outras dotações orçamentárias.

O valor do benefício será equivalente a, no mínimo, 50% da média do preço nacional de referência do botijão de 13 quilos, sendo o pagamento do benefício feito preferencialmente à mulher responsável pela família.

Fonte: Agência Senado

Bahia

Bahia registra dez óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

A Bahia registrou nas últimas 24 horas, 391 novos casos de Covid-19 e 417 recuperados. O boletim epidemiológico desta terça-feira (19), também registra 10 novos óbitos. Dos 1.240.662 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.211.509 já são considerados recuperados, 2.167 encontram-se ativos e 26.986 tiveram óbito confirmado.

Com 10.436.761 vacinados com a primeira dose, a Bahia já imunizou 81.97% da população com 12 anos ou mais contra o coronavírus.  Na última segunda-feira (18),  o estado ultrapassou a marca de 50% da população completamente imunizada. Ao todo, 6.370.057 tomaram as duas doses da vacina ou a vacina de dose única.

Brasil Política

Deputados são recebidos com sucos de laranja com seus rostos em aeroporto de Brasília

Ao desembarcar no aeroporto de Brasília (DF) deputados foram recebidos com sucos de laranja com seus próprios rostos estampados nas garrafas.

A ação foi organizada pelo Sindicato da Câmara dos Deputados, do Senado e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis) e pedia que os parlamentares não fossem “laranjas” da PEC da Reforma Administrativa. A informação é da coluna de Guilherme Amado, no Metrópoles.

Entre os deputados que receberam o suco estão Bia Kicis (PSL-DF), Marcel Van Hattem (Novo-RS), Darci de Matos (PSD-SC), Ricardo Barros (PP-PR) e até mesmo o presidente da Câmara, Arthur Lira.

A campanha “Não seja um laranja desta PEC” é realizada pelo Sindilegis em parceria com o Sindicato dos Servidores do Judiciário e MPU no Distrito Federal (Sindjus-DF). Além do DF, as manifestações ocorreram em 15 capitais do país.

Saúde

Gatos e cães podem ter vírus da covid-19, mas não transmitem a doença; diz pesquisador

Apenas 11% dos cães e gatos que habitam casas de pessoas que tiveram covid-19 apresentam o vírus nas vias aéreas. Esses animais, entretanto, não desenvolvem a doença, segundo pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR).Isso significa que eles apresentam exames moleculares positivos para SARS-CoV-2, mas não têm sinais clínicos da doença.

Segundo o médico veterinário Marconi Rodrigues de Farias, professor da Escola de Ciências da Vida da PUC-PR e um dos responsáveis pelo estudo, até o momento, foram avaliados 55 animais, sendo 45 cães e dez gatos.

A pesquisa visa analisar se os animais que coabitam com pessoas com covid-19 têm sintomas respiratórios semelhantes aos dos tutores, se sentem dificuldade para respirar ou apresentam secreção nasal ou ocular.

Segundo o pesquisador e médico veterinário, Marconi Rodrigues de Farias, a possibilidade de cães e gatos transmitirem a doença é muito pequena. O estudo conclui ainda que em torno de 90% dos animais, mesmo tendo contato com pessoas positivadas, não têm o vírus nas vias aéreas.

Notícias

Bebê é achado em quintal de casa no interior baiano

Um recém-nascido foi encontrado em uma área de matagal no quintal de uma casa na localidade de Pau Seco, no distrito de Humildes, em Feira de Santana, distante100 km, de Salvador. O bebê estava caído em meio à vegetação e foi encontrado pelo dono do terreno, o lavrador Antônio Machado, que capinava a terra no momento que viu o menino.

De acordo com Raimundo Bispo, irmão de Antônio, o recém-nascido é filho da neta de Antônio, uma adolescente de 16 anos, e a família não teria percebido a gravidez durante todo o período de gestação.

Ele disse que o irmão trabalhava no quintal, já no final da tarde de segunda-feira (18), quando ouviu um som e imaginou que fosse o miado de um gato. O lavrador parou de capinar e voltou a escutar o barulho.

Raimundo informou que o bebê está bem de saúde e não corre riscos, e não há informações sobre a localização da mãe e do pai do menino. A Polícia Civil informou que o caso foi registrado na 1ª Delegacia Territorial de Feira de Santana e vai iniciar as investigações.

Foto: G1

Saúde

Dois milhões de baianos estão com segunda dose de vacina atrasada; diz Sesab

Segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), cerca de dois milhões de pessoas estão com a segunda dose da vacina contra Covid-19 atrasada na Bahia. Ainda segundo a pasta, um total de 1.999.880 baianos ainda não compareceu aos postos.

Mais da metade dos atrasados tomou a primeira dose do imunizante Pfizer: 1.127.959. Os vacinados com a Coronavac que ainda não buscaram a segunda dose são 332.091, já com a AstraZeneca, 539.830.

Fonte: Sesab