Esporte Notícias

Derrota e confusão marcam retorno do Vitória à Fonte Nova

O Vitória não foi capaz, aliás como não tem sido em casa, na volta para mandar jogos na Fonte Nova, e perdeu Guarani, até então lanterna da competição, pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. E o Bugre aguentou a pressão rubro-negra, apenas no segundo tempo, para garantir a vitória fora de casa pelo placar de 1 a 0. Michel Douglas marcou o único gol da partida, ainda no primeiro tempo.

Com o resultado, a equipe paulista deixa a lanterna da competição para ocupar a 18ª colocação, com 22 pontos conquistados. Os baianos, por sua vez, seguem com 24 pontos e caem para a 15ª posição. O Criciúma é o primeiro time da zona do rebaixamento, com 23 pontos.

Pela próxima rodada, o Vitória entra em campo na terça-feira (17), às 21h30 (de Brasília), quando visita o São Bento no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Já o Guarani recebe o Paraná no Brinco de Ouro, em Campinas, no sábado (21), às 11h.

Para torcedores dos Planos Ouro e Prata sufoco ao chegar ao estádio. As catracas da Fonte Nova não faziam a leitura dos cartões e os torcedores tiveram que se dirigir a uma sala onde dezenas se aglomeravam para receber o ingresso. Muitos entraram com o jogo já com 10 ou 15 minutos do primeiro tempo. Alguns foram colocados em situação de inferioridade, onde se vê o jogo a 50 metros de distância. Nada mal para quem sócio torcedor Ouro ou Prata.

O jogo

O Guarani iniciou a partida se fechando em duas linhas de quatro e saindo em velocidade ao recuperar a bola. A estratégia fez com que o Bugre criasse as melhores chances nos primeiros minutos. E aos 24 minutos, Thallyson recebeu de Lucas Crispim na esquerda e cruzou para Michel Douglas, que emendou de primeira para abrir o marcador. O clube paulista seguiu atacando, mas o 1 a 0 persistiu até o final do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o Vitória passou a pressionar o adversário em busca do empate. Aos 27 minutos, Wesley bateu da entrada da pequena área, mas viu Klever operar um milagre para salvar a meta bugrina. Dois minutos depois, Sena cabeceou no canto direito e o arqueiro fez mais uma grande defesa. Aos 32, Wesley chutou rasteiro de fora da área e mandou na trave. Nos acréscimos, Felipe Gedoz acertou a canela de Lenon e levou o cartão vermelho, garantindo o triunfo do Bugre, que conseguiu aguentar a pressão dos donos da casa.

Ficha Técnica

Vitória 0 x 1 Guarani

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 14 de setembro de 2019, sábado

Horário: 16h30 (de Brasília)

Renda: R$492.073,50

Público: 17.531 pagantes

Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)

Cartões amarelos: Lucas Cândido (Vitória); Thallyson, Lucas Crispim, Felipe Guedes, Luiz Gustavo (Guarani)

Cartão vermelho: Felipe Gedoz (Vitória)

Gols: Michel Douglas, aos 24 minutos do primeiro tempo (Guarani)

Vitória: Martín Rodríguez; Van, Everton Sena, Ramon e Chiquinho; Baraka (Eron), Rodrigo Andrade (Felipe Garcia), Felipe Gedoz e Lucas Cândido; Wesley e Anselmo Ramon (Caicedo). Técnico: Carlos Amadeu

Guarani: Klever; Lenon, Diego Giaretta, Luiz Gustavo e Thallyson; Deivid, Igor Henrique e Arthur; Davó (Deivid Souza), Michel Douglas (Nando) e Lucas Crispim (Felipe Guedes). Técnico: Thiago Carpini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: