Cidades Notícias

Governador inaugura em Candeias obras conquistadas na gestão municipal anterior

A saúde e a assistência social fizeram parte da agenda do governador Rui Costa (PT), nesta terça-feira (27), na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Em visita à cidade Candeias, a 46 km de Salvador, Rui entregou as novas unidades do Centro de Atenção Psicossocial (Caps-AD), do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e da Academia de Saúde, no Bairro da Urbis II.

Centros

No bairro da Nova Brasília, a obra do Caps AD, executada pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), recebeu cerca de R$2,5 milhões em recursos. No local, serão tratados transtornos mentais severos e persistentes, com acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. Trata-se de uma ação pensada para substituir, quando possível, internações em hospitais psiquiátricos.

No mesmo Bairro da Pitanga, o Creas vai ofertar serviços especializados e continuados a famílias e indivíduos em situação de ameaça ou violação de direitos, como violência física, psicológica, sexual e tráfico de pessoas, e para cumprimento de medidas socioeducativas em meio aberto. A unidade recebeu um aporte de aproximadamente R$583 mil.

Origem de parte das verbas

Todas as obras tiveram apoio decisivo de verba parlamentar liberada pelo deputado federal Paulo Magalhães (PSD) solicitada na gestão do então prefeito Sargento Francisco, entre 2014 e 2015.

Caps-AD

A obra, no Bairro da Nova Brasília, teve recursos de emenda parlamentar no valor inicial de R$ 1.498.440,00 (um milhão, quatrocentos e noventa e oito mil e quatrocentos reais). O recurso foi solicitado no mês de dezembro de 2015 e liberado em março de 2017. A contrapartida da Prefeitura de Candeias seria, mantido o valor inicial, no valor de R$ 149.844,00 (cento e quarenta e nove mil, oitocentos e quarenta e quatro reais).

Creas

A obra no bairro da Pitanga teve solicitação de verba em dezembro de 2014, mas somente foi liberada em dezembro de 2017 a quantia original de R$ 933.938,95 (novecentos e trinta e três mil, novecentos e trinta e oito reais e noventa e cinco centavos). A Prefeitura, pelo contrato original, entraria com R$ 93.393,89 (noventa e três mil, trezentos e noventa e três reais e oitenta e nove centavos).

Academia da Saúde

O pedido de liberação do recurso foi encaminhado pelo então prefeito Sargento Francisco em novembro de 2015 no valor de R$ 206.606,40 (duzentos e seis mil, seiscentos e seis reais e quarenta centavos). A Prefeitura de Candeias aplicaria, pela solicitação de origem, a quantia de R$ 20.660,64 (vinte mil, seiscentos e sessenta reais e sessenta e quatro centavos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: