Santo Amaro

Reforma na Escola Edvaldo Machado vai restaurar dignidade de professores e alunos em 2022

Reforma na Escola Edvaldo Machado vai restaurar dignidade de professores e alunos em 2022

A Escola Municipal Edvaldo Machado, localizada à Avenida Presidente Vargas, está passando por uma verdadeira transformação.

De acordo com a direção, a escola necessitava de um olhar responsável, pois, à primeira vista, um olhar desatento diria que não havia o que fazer, mas, quem estava no dia a dia da escola conviveu com telhas e forro que caíram na sala da direção. “Graças a Deus não havia ninguém no local no momento que houve o desabamento”.

Além disso, assegura ela que o encanamento estava quebrado e vazando água ao lado da caixa de energia, o que poderia causar um acidente grave. Salas de aula que molhavam em época de chuva (inclusive na secretaria, comprometendo toda vida escolar dos alunos atuais e antigos da escola)”, relatou.

Como se não bastasse isso, o tanque de cimento com mais de 20 mil litros também comprometia a estrutura da cantina. “Tivemos que desligar a água que vinha da rua para equilibrar a quantidade de água e evitar o pior, pois já havia fisssura no teto”, informou indignada com o estado em que encontrou a escola.

Mas, o bom é que esse cenário de horror está sendo transformado em uma escola de verdade, com a intervenção que a prefeita Alessandra Gomes está fazendo. “Essa reforma, que começou no último dia 23/12/2021, veio resgatar a dignidade perdida e dar novamente condições adequadas aos funcionários e alunos da escola”, concluiu a diretora da escola que atende a mais de 460 alunos dos anos finais do Ensino Fundamental.

Santo Amaro

Prefeitura se solidariza com moradores da Pitinga e vai providenciar redutores de velocidade

Sensível aos anseios da população, sobretudo quando as circunstâncias oferecem risco à vida, a prefeita Alessandra Gomes, juntamente com o secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Urbano, Cássio Requião, recebeu agora pela manhã uma comissão de moradores da Pitinga.

A principal pauta do encontro foi a instalação de três redutores de velocidade na estrada de acesso à comunidade.

A rodovia em questão é a BA-420, que está sob a tutela do governo da Bahia. “Mas”, afirmou o secretário, “a prefeita se sensibilizou com a questão, já que ali já aconteceram diversos acidentes, inclusive com óbitos, e vai tentar acelerar o processo e, em parceria com o Estado, atender o pedido da população”.

“Vamos fazer o possível para que o problema seja solucionado com a maior brevidade, por isso estamos dialogando com os moradores daquela comunidade”, afirmou a prefeita, com olhar esperançoso para a questão.

É o governo municipal sempre aberto para o diálogo e garantindo soluções para os problemas que afligem a população.