Notícias

Comando da PM emite nota de repudio após passagem de Kannário pelo Campo Grande

Polícia Militar da Bahia lançou nota de repúdio contra as declarações do deputado federal e cantor Igor Kannario durante passagem de trio no Circuito Osmar (Campo Grande). Em tom de provocação, o cantor xingou os policiais presentes e chegou a afirmar que “Se acontecer algo comigo, me matarem, foi a Polícia Militar”.

Na nota, o comando da PM-BA classificou a conduta de Kannário como “atitude irresponsável e criminosa” e afirmou que “o também deputado federal incitou os foliões contra os policiais militares que faziam o policiamento do circuito Osmar”.

“É inaceitável que qualquer pessoa, ainda mais um parlamentar, tente comprometer a honra da instituição e de policiais militares que estão comprometidos e empenhados na defesa da sociedade baiana. Todas as medidas judiciais cabíveis que o caso requer serão adotadas”, finalizou.

Horas antes da confusão, em entrevista a uma TV local, o comandante da PM-BA, coronel Anselmo Brandão, chegou a elogiar a postura do cantor nos dias anteriores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

leia também

%d blogueiros gostam disto: