Brasil

Lista de assinaturas do partido de Bolsonaro tem mortos inscritos

De acordo com informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram identificadas as assinatura de sete eleitores mortos na lista de apoios apresentada pelo Aliança pelo Brasil, partido que o presidente Jair Bolsonaro tenta criar.

O partido somente terá o registro aprovado e poderá disputar eleições se conseguir coletar a assinatura de 491,9 mil eleitores – que devem ter firmas reconhecidas em cartório.

Segundo a advogada  Karina Kufa, pelo menos um desses casos, foi constatado que o apoiador assinou a lista em 26 de janeiro e morreu em 22 de fevereiro.

Nós adotamos o sistema de reconhecimento de firma justamente para impossibilitar o uso de fichas por eleitor falecido, como foi denunciado massivamente no momento da criação do PSD”, disse Karina.

Na ocasião, a sigla foi acusada de incluir eleitores mortos para conseguir o número de assinaturas necessárias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: