Bahia Saúde

Médico de Ilhéus é primeiro profissional de saúde a morrer da covid-19 na Bahia

O médico Gilmar Calazans Lima, 55 anos, é o primeiro profissional da área de saúde a morrer por conta da covid-19 na Bahia. Segundo a Secretaria da Saúde do estado (Sesab), Gilmar foi o 46º óbito confirmado pela doença no estado. Ele morreu em um hospital de Ilhéus na manhã desta segunda-feira (20).

Segundo a Sesab, o médico tinha um  histórico de hipertensão e diabetes. Ele teve os primeiros sintomas da doença em 11 de abril. Quatro dias depois foi internado no Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), mas acabou não resistindo e morreu hoje.

A direção do HRCC, onde Gilmar também trabalhava, divulgou nota lamentando a morte. “O colaborador permanecia em isolamento domiciliar na última semana quando nas últimas 48hs apresentou piora, sendo internado de urgência no HRCC”, diz o texto. “Neste momento de dor e consternação, deixamos os nossos mais sinceros pêsames aos familiares e amigos”, finaliza a mensagem.

Balanço
Até agora, são 1.341 casos confirmados do novo coronavírus na Bahia. Outro 5.357 casos foram descartados até agora. As mortes aconteceram em dustina (1); Araci (1); Belmonte (1); Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (3); Ipiaú (1); Itabuna (1); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (1); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Salvador (22); Uruçuca (2); Utinga (1); Vitória da Conquista (1).

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: