Santo Amaro

Santo Amaro assim como o país , vive atualmente dois extremos políticos : ” os prós e os contra”

Politicagem , política e politizados..

Santo Amaro assim como o país , vive atualmente dois extremos políticos : ” os prós e os contra”

Sobre politicagem- política de interesses pessoais, troca de favores, realizações insignificantes,pensamentos egocêntricos e que a sociedade ou comunidade como um todo é vista em segundo plano, e pela frustração trabalha contra quem está no poder mesmo sem motivos óbvios

Sobre política ou político- pessoas que exercem mandatos ou cargos políticos que defendem suas bandeiras e devem criar projetos em prol do bem comum da sociedade como um todo.
Sobre politizados- desde os primórdios dizem que um cidadão politizado , é um político sem mandato mas pela sua liberdade de expressão e conhecimentos, se torna um zelador das coisas públicas independente do seu viés político. Muito raro mas existe.
A nossa massape não fugindo à regra, vive atualmente de um modo geral, uma politicagem incontida dos frustrados que perderam o poder e usam isso para atacar gestão atual.
Não fui eleitor do Flaviano. Porém, vejo na gestão do mesmo um esforço para atender as demandas. Dizer que é um suprassumo, longe de mim; mas dá para o gasto.
Santo Amaro tem uma renda mensal que gira em torno de 12 milhões de reais/mes o que para um município com 70 mil habitantes e área de 493 Km quadrados com uma população de média baixa renda , torna-se difícil atender às suas aldeias e distritos de um modo equalitario haja vista que muitas emendas conquistadas , são destinadas a sede. Poderia ser melhor ? Sim. Mas , nós os moradores dos distritos e aldeias, temos um péssimo erro em pulverizar os nossos votos para n postulantes a mandatos de deputados e nos vemos sem um representante para que possamos cobrá-lo .
O papel do cidadão é cobrar e se houver qualquer indício de dolo do erário público, que se faça justiça..por enquanto , tenho visto muito achismo e nada de concreto.

Professor Everaldo de Acupe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: