Santo Amaro Saúde

COMUNICADO DA SECRETARIA DE SAUDE DE SANTO AMARO ESCLARECENDO SOBRE O SURTO DE SARAMPO

A Secretaria de Saúde de Santo Amaro comunica que, desde o primeiro caso de suspeita de sarampo na cidade, foi realizado o bloqueio vacinal da comunidade do entorno do local onde aconteceu a suspeita, no prazo de 24 horas, através da equipe de Vigilância Epidemiológica Municipal.
A Secretaria de Saúde do Estado da Bahia confirmou 7 casos, através do Alerta Epidemiológico nº 08/2019, na data de ontem (01 de outubro de 2019). Com isso, as ações vacinais serão intensificadas, mobilizando toda a equipe de saúde, tendo como áreas prioritárias os bairros da Caixa D’água, Sacramento, Bonfim e Derba, prosseguindo para toda a cidade logo após.
Informamos que todas as 17 Unidades Básicas de Saúde do município dispõem da vacina tríplice viral, para realizar a cobertura da população.

*Cobertura Vacinal:*
– Está inclusa a doze zero, para crianças de 6 meses a 11 meses e 29 dias; a primeira dose, para crianças de 12 meses; a segunda dose, para crianças de 15 meses, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação.
– Para menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), não vacinados ou com o esquema de tríplice viral incompleto.
– Trabalhadores da área de saúde não vacinados ou com esquema vacinal incompleto com a vacina tríplice viral, ou ainda trabalhadores de qualquer idade que trabalhem no atendimento direto a pacientes com a suspeita de infecções respiratórias.
– Pessoas de 5 a 29 anos não vacinadas ou com o esquema vacinal incompleto, e pessoas de 30 a 49 anos não vacinadas.

*Recomendações importantes:*
– Sarampo é uma doença infecciosa aguda, sendo transmitida de pessoa a pessoa, com maior transmissibilidade no período de 06 dias antes a 04 dias após o surgimento do exantema.
– Sinais e sintomas: febre de 38,5°C, exantema maculopapular morbiliforme de direção cefalocaudal (manchas vermelhas na pele), tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik.
– Qualquer pessoa que apresente um ou mais sintomas de Sarampo deverá ser orientado a tomar medidas de precaução para aerossóis, devido a alta transmissibilidade do vírus, tais como uso de máscara cirúrgica, medidas de biossegurança, como a higiene das mãos e das vias respiratórias, e orientações quanto ao ato de tossir e espirrar.
– Para os casos suspeitos, faz-se necessário que os indivíduos mantenham isolamento em domicílio até quatro dias após o início do exantema.

A Secretaria de Saúde de Santo Amaro já está em contato com a Secretaria de Saúde do Estado, a fim de alinhar as ações e os trâmites necessários para o combate ao sarampo no município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: