Brasil Saúde

Coronavírus: “Vírus estará conosco por um longo tempo”, afirma diretor-geral da OMS

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta quarta-feira (22) que a maioria dos países ainda está em fase inicial da pandemia do novo coronavírus. “Não se enganem: temos um longo caminho a percorrer. Este vírus estará conosco por um longo tempo”, afirmou Tedros.

“A maioria das epidemias na Europa Ocidental parece estável ou em declínio. Embora os números sejam baixos, vemos preocupantes tendências ascendentes na África, América Central e do Sul e Europa Oriental. A maioria dos países ainda está nos estágios iniciais de suas epidemias”, declarou o diretor-geral.

O diretor reafirmou a importância do distanciamento físico e o isolamento social, medidas tidas como essenciais para contenção do novo coronavírus. Contudo, Tedros alerta que o vírus “continua extremamente perigoso”.

“As primeiras evidências sugerem que a maioria da população do mundo permanece suscetível […] significa que epidemias podem facilmente ressurgir”, alertou.

Especialistas da OMS destacaram “tendência de aumento” de casos na América do Sul, Central e no continente africano.

“Existem tendências de aumento em termos de números de casos em vários países da América Central e do Sul. E claro que isso é uma preocupação”, declarou Maria van Kerkhove, líder técnica do programa de emergências da OMS.

“Tivemos um aumento de quase 250% no número de casos no Sudão na última semana. Na Somália, quase 300%. E em muitos outros países, como Tanzânia, Mali, Congo, Gabão, Guiné Equatorial, Cabo Verde e Eritreia, aumentos de mais de 100% na última semana. Em outros países na África, o número de casos aumentou entre 30% e 90%”, ressaltou o diretor de emergências da OMS, Michael Ryan.

“Estamos no começo na África. Eu acredito que com um foco em preparação, em vigilância, em mobilização de comunidades e sem dúvidas uma capacidade de inovação para a ciência na África pode evitar o pior dessa pandemia”, complementou Ryan.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

leia também

%d blogueiros gostam disto: