Santo Amaro participa do lançamento do Reinventário Gastronômico Rural do Recôncavo para fortalecer agricultura familiar

Notícias

Santo Amaro participa do lançamento do Reinventário Gastronômico Rural do Recôncavo para fortalecer agricultura familiar

A fim de promover “a valorização da produção da agricultura familiar, povos quilombolas e de terreiro, por meio do desenvolvimento de produtos da ecogastronomia, a partir da farinha de copioba e mariscos”, a Prefeitura de Santo Amaro, através da Secretaria de Agricultura, Pesca, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, participou do lançamento do Reinventário Gastronômico Rural do Recôncavo.

“Participar desse lançamento foi de grande importância para o fortalecimento da agricultura familiar em nosso município”, afirmou a titular da respectiva Secretaria, Ana Lícia Marins Moraes. “Somos fortes na produção da farinha e dos mariscos e vamos, com isso, divulgar os nossos produtos e também contribuir bastante na confecção de produtos gastronômicos para a alimentação escolar”, completou a secretária que representou a Prefeita Alessandra Gomes durante o encontro virtual ocorrido na última quinta (25).

Ela ainda reitera que o Reinventário Gastronômico Rural do Recôncavo é fruto de um convênio firmado entre o Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento e o Consórcio do Território Recôncavo, em parceria com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional e a Coordenação de Pesquisa, Inovação e Extensão Tecnológica.

De acordo com o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Josias Gomes, presente no lançamento, a ação conta ainda com a parceria da Rede Baiana de Ensino, Pesquisa e Extensão em Agricultura Familiar e Desenvolvimento Rural e será finalizada em 2022, com a publicação de um documentário sobre a produção rural e a cultura alimentar do Recôncavo baiano.

Além da representação santo-amarense e do secretário estadual, o lançamento virtual também contou com a participação de representantes da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano) e do Colegiado Territorial e Centro Público de Economia Solidária (Cesol), entre outras instituições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *